quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Escolhas

Depois de “por que você sumiu?”, a pergunta que mais escuto atualmente é “porque você não arranja um namorado?”. E ainda vem seguida do protesto: “Você é tão bonitinha, educadinha...”. Assim mesmo, no diminutivo.
Não estou fechada para balanço e nem acho a companhia masculina desagradável. Muito pelo contrário. Queria eu, por horas, conversar, sentir o cheiro, rever o sorriso terno de uma pessoinha especial... Mas não desejo levá-lo para casa e nem lhe dedicar todo meu tempo disponível. No momento, o casinho ocasional é suficiente.
Eu sei, eu sei... Nem sempre minha vontade é a mesma da dele. Posso estar a fim e ele não. E quando isso acontece (as mensagens desaparecem, o celular fica mudo, os planos mudam e aquilo pelo qual espero tem chances de nunca chegar), vem a dúvida: será que estou agindo corretamente com os meus sentimentos? Não estou embarcando em uma furada? Mas aí, os amigos ligam, a noite chega, o sono me domina, o dia amanhece tão lindo... E posso pegar meu barco e ir para qualquer destino, transbordando de novas vontades.
Contudo, parece conflitante que eu, que ando adepta às perambuladas de uma vida cheia de idas e vindas, que quer se achar antes de ser encontrada, sinta às vezes saudades e desejos de enamorados.
Inquieta-me esses passos duvidosos. Mas quem sabe caminhar sem rumo seja a razão por estar acometida pela falta de orientação. E que a minha necessidade de vagar seja, na verdade, a busca por algo que não sei o que é.

4 comentários:

Julie disse...

Querida amiga... faz algum tempo que eu te conheço e acho que nunca vi um texto seu tão maduro e tão bem escrito.Realmente a gente cresceu amiga...Os problemas viraram reais, mas você está ficando umamulher decidida demais pois vice... As palavras que você usou deixou seu texto perfeito na forma e no conteudo... se eu não te conhecesse a um certo tempo iria te perguntar para onde você levou a minha amiga? mas sei que voc^esta aí crescendo, amadurenco e tendo que escolher todos os dias....boa sorte...se cuida...beijosssssssssss e sinto muitas saudades....

Samy disse...

As vezes as pessoas têm objetivos diferentes mas o ponto principal é descobrir qual é o seu...
Sorry estou péssima de comentários... gostaria de dizer alguma coisa a altura do seu texto (q por sinal adorei!) mas não sai nada q preste.. prometo tentar comentar melhor nos proximos posts.. ou quando conseguir voltar a ser eu mesma...
bjuuss

Roberta disse...

Não ligue para as cobranças dos outros. Pense só no que você deseja de verdade e siga o seu caminho. Isso é o que vale!

Ju disse...

Poha,me vi em você agora! E tb te vi completamente...não achei que fosse ver palavras suas assim,tão claras...