sexta-feira, 4 de abril de 2008

Eu, mal acostumada com o sobejo de sentimentos, sempre arrebatada por cheiros, palavras e sons, estou a me angustiar com esse estado de normalidade, sem quaisquer distorções, anomalias ou esfinge. Passar os dias com o espírito sereno não é algo que me preenche. A felicidade assim parece sem graça.

Preciso de êxtase. Derramar-me.

15 comentários:

Tiago Moreira disse...

Eu também preciso disto, não esqueci que temos um jazz marcado e outras coisas, daí podemos nos derramarmos um no outro, isso é um convite e uma ameaça, Kkkkk.

Assim como você, preciso de distorções e anomalias pra viver, cê tem meu mail, se quiseres me passar o fone por lé, te ligo a qualquer hora.

Beijos.

OgrO disse...

Mas é isso mesmo! Nada de "morno", comum, normal. Que venha fervendo ou venha frio, porque se vier morno vomito.

...ah, e ADOROAMO Calvin!!!

Zé Diego disse...

a felicidade nunca é um ponto de chegada...sempre é um caminho...por isso q essa calma naum cria ela...imita de uma forma limitada ela...

Celine disse...

Vc pode criar o �xtase que precisa. E, realmente, o normal � sem gra�a, e parece de gra�a tbm.
:)

Linda. Beijos beijos beijos
�timo fim de semana!!

guianafrancesa2005 disse...

Oi Si!!!!!!!!!!!

Tô aqui sim!

Tenho estado sem nenhum ânimo pra postar,,,penso e penso e penso mas não vem nada na minha mente...
só coisas ruins q ultimamente andam acontecendo e acontecendo...

Gostei de sua explosão de sentimentos!!!!!
Parece uma bomba prontinha pra explodir!

bjs!!!!
Qquer coisa "tamos ae"!!!
Gisele

R Lima disse...

Sofrer não é de todo ruim.. inspira-nos e nos dá a real situação do que somos.. e queremos..

Eu vivo em momentos de felicidade e escrevo motivado pelo nostalgico sofrer...

Bjs e vamos montar uma turma de ssa para se encontrar moça.. tem o tiago aí em cima tb..

Bjs,



Texto de hoje: enQuAdrEs...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Ju disse...

Menina,vc é instável msm né!?Tô me acabando de rir com esse seu 'preciso de extase'!!Realmente,vc não combina mt com serenidade...hahaha
Cadê nosso plano de ação?? Tem de ser posto em prática!Tô qerendo adrenalina!!E já me liguei que Tiago aí em cima se jogou totaaal!Bora todo mundoooo!!!!haiuahiuhaiuhaiuah
beijão
E valeu pela presença hj!Só não agradeço mas pq vc detonou meu pudim...kkkk

Andreia disse...

Mudou de foto no perfiiiiil!!!! hum tá chiqueee!!!!!!


Beijos linda! e pode votar quantas vezes você quiser. Carta branca pra você!

Beijãooooooooooooooo!!

Ígor Andrade disse...

Necessária loucura...

Samy disse...

A mesmiçe cansa... então por que ao invés de ficar esperando que aconteça alguma coisa nova na sua vida pra acabar o marasmo, você não dá um empurrãozinho pra vida e faz algo novo acontecer?
(repara não, estou de mal humor!)
=*

Marcus Vinicius disse...

lindo texto...

felicidade sem êxtase não existe!


bjs

Isaque Viana disse...

Olá, minha linda!
Perdoe a ausência, ok?
Dias de serenidade...
Eu precisava de algo assim.

Beijo grandão!

Flavinha disse...

Si, verdinha linda... vc já percebeu que o danado do verbo derramar-se, além se ser reflexivo, é do tipo que parece mas não é? Parece que se basta, pos si mesmo. Mas não. É preciso derramar-se em, derramar-se para, derramar-se por...

Derramar-se. Derramar-se!

Lindo, lindo o seu texto, flor. Derramado inteiro diante dos meus olhos.

Beijos!

Celine disse...

OI Flor.
Pode voltar lá quando desejar...

Tudo bem por aí?
Beijinhos

Renata Belmonte disse...

Estou num momento parecido. E acho que é para esse tipo de angústia que serve a literatura.
Beijos,
Renata